Arquivo de fevereiro \17\UTC 2010

Lily: a estrela do Brit Awards

Se ainda existe uma premiação que valha a pena acompanhar, é o Brit Awards. Creio que é porque eles valorizam os artistas de verdade, e não somente as ditas “modinhas”. Ok. Este foi o Brit Awards da  Gaga. Ela levou os três premios a que concorria. Fez uma (como sempre) excêntrica performance. Ousou (de novo) no Red Carpet. Bem previsível, na verdade. Não me entendam mal. Eu confesso que não gosto da Gaga, mas tudo o que ela tem, fez por merecer. Mas desta vez, eu não fiquei surpresa com nada que veio dela.

Quem definitivamente me surpreendeu, foi minha não-tão-adorável Lily Allen. Eu sou muito fã dela. Mas para mim, ela sempre foi uma cantora banquinho e microfone. Sem super produções, sem danças, playbacks e derivados e é por isso que eu a adoro. Por essas razões, eu fiquei totalmente boquiaberta com a sua apresentação.

Cantou The Fear, 1° single do álbum It’s Not Me, It’s You, em um palco com um maravilhoso cenário urban+pop art, cercada de bailarinos perfeitamente sincronizados, foi patriota e também crítica da sociedade de seu país e ainda ensinou a todas as outras atrações como se faz um verdadeiro show.

Só levou um, dos quatro prêmios em que concorria: melhor cantora britânica. Não que ela precisasse de mais. Chamou atenção no red carpet com um exótico figurino. Levou o melhor prêmio da noite. Fez a melhor performance da noite e ainda causou um extremo desconforto aos organizadores do evento, ao fazer seu discurso de vencedora, que mais expressava desapontamento.

Não teve para Lady Gaga, Cheryl Cole ou Florence. Lily Allen foi a estrela da noite.

O vídeo da sensacional performance:

Hello world!

Hello world é uma saudação engraçada, mas eu definitivamente não consigo pensar em nada melhor no momento. Acho que como este é o meu primeiro blog (que tentarei levar a sério), devo falar sobre o que pretendo. Eu acho que não devo prometer nada, afinal, eu nem sei se vou realmente levar isso em frente. Enfim, eu não tenho nada em especial para postar aqui. Acredito que vou postar sobre as coisas que eu mais gosto: cinema, moda e música. Ou literatura, seriado e meus desenhos. E isso é tudo. Eu tenho certeza que essa não é a post inicial mais genial de todos, mas eu só consegui pensar nisso, neste momento, em que estou desenhando e ouvindo Morrissey, meu atual vício supremo. Espero vê-los (?) em breve.